Peças publicitárias do pacote anticrime terão forte apelo emocional, diz coluna

Os roteiros da propaganda sobre o pacote anticrime do ministro Sergio Moro são de forte apelo emocional. O conteúdo traz pessoas que quase morreram em tentativas de homicídio ou familiares de vítimas fatais, relatando que seus assassinos foram presos.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, para defender a prisão após condenação em segunda instância, essa impunidade será creditada à lentidão do sistema judiciário, aliada a leis que permitiriam brechas para que, através de vários recursos, o réu consiga se livrar da punição.

Um dos casos que será demonstrado mostra o depoimento de uma vítima de tentativa de homicídio. O criminoso foi condenado, mas recorreu dezenas de vezes e o processo acabou prescrito.

De acordo com a publicação, a campanha já está pronta e deve ser liberada pelo governo em cerca de 15 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *