Queiroz grava novo vídeo para justificar imagens em que aparece dançando em hospital

O ex-assessor do filho do presidente da República alegou questões de saúde para ter faltado a dois depoimentos no Ministério Público do Rio (MP-RJ). Ele se internou no hospital de luxo em São Paulo, Albert Einstein, na passagem do ano e diz ter sido submetido a uma operação para retirada de um tumor no intestino.

Ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o policial militar Fabrício Queiroz, divulgou um vídeo neste sábado (12) para justificar o episódio em que aparece dançando no hospital Albert Einstein (lembre aqui).

Deitado em uma cama, sem camisa e coberto por um lençol branco, Queiroz aparece nas imagens reclamando, revoltado, do vazamento do vídeo que classificou como “momento de comemoração da noite de réveillon da família dentro do hospital”.

“Foram cinco segundos que eu quis dar de alegria a uma tristeza que se tomava conta dentro da enfermaria que eu me encontrava”, diz ele.

De acordo com reportagem publicada no jornal Folha de S.Paulo, Queiroz foi citado em relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) como tendo feito movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão em sua conta bancária no período de janeiro de 2016 a janeiro de 2017, quando ocupava um cargo no gabinete de Flávio Bolsonaro, à época deputado estadual.

O ex-assessor do filho do presidente da República alegou questões de saúde para ter faltado a dois depoimentos no Ministério Público do Rio (MP-RJ). Ele se internou no hospital de luxo em São Paulo, Albert Einstein, na passagem do ano e diz ter sido submetido a uma operação para retirada de um tumor no intestino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *