Preso na Papuda, Geddel não tem refeição especial em noite de Natal

A noite de Natal para os políticos presos da penitenciária da Papuda, em Brasília, não teve refeição especial. Entre eles, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB), o ex-senador Luiz Estevão e o ex-senador Acir Gurgacz (PDT).

Eles não tiveram direito ao saidão de Natal, que liberou 1.109 presos que estavam no regime semiaberto, na última sexta-feira (21). Os três políticos estão em regime fechado.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima cumpre prisão preventiva desde setembro de 2017. Ele é réu no Supremo Tribunal Federal por lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso dos R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador.

Na prisão preventiva, não há hipótese de mudança para o regime semiaberto. Geddel chegou a pedir mudança para a prisão domiciliar, mas a tentativa foi rejeitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *