Bahia pode fazer melhor campanha no 1º turno dos pontos corridos

O primeiro turno do Campeonato Brasileiro chega ao fim neste fim de semana e para o Bahia, ele será encerrado com 18 jogos. Isso porque, na 15ª rodada, a partida que o tricolor faria diante do Ceará, em Fortaleza, foi adiada para 29 de agosto, por conta do compromisso na Sul-Americana contra o Cerro-URU.

Ainda que ao final da 19ª rodada a equipe de Enderson Moreira permaneça com um jogo a menos que os demais – com exceção de Atlético Paranaense e Vasco, que também tiveram partidas adiadas – um triunfo contra o Cruzeiro neste domingo (19), às 16h, no Mineirão, fará o Bahia alcançar a sua melhor campanha em um primeiro turno de Série A de pontos corridos desde que a competição passou a ser disputada por 20 clubes, em 2006.

Atualmente, o tricolor é o 12º colocado, com 21 pontos, e a pontuação máxima que já conseguiu na primeira metade do Brasileirão foi de 23 pontos, em 2013 e no ano passado. Nas duas vezes, somou seis vitórias, cinco empates e oito derrotas, que renderam um aproveitamento de 40,4%. Nas outras três edições que participou, chegou a apenas 20 pontos em 2011 e 17 pontos, em 2012 e 2014.

Vencendo amanhã, em Belo Horizonte, o Bahia chegaria a 24 pontos e 44,4% de aproveitamento, uma marca jamais alcançada pelo clube até então nas 19 rodadas iniciais. Relacionado a isso, um dado que traz boas perspectivas para o time nesta Série A: em todas as edições anteriores, o tricolor fez um segundo turno melhor do que o primeiro.

O ano em que teve mais equilíbrio entre os turnos foi em 2013, quando somou 23 pontos na primeira metade e 25 no returno. Na época, Cristóvão Borges foi o treinador do início até o fim da competição.

Recorde

Em 2012, o Bahia fez a sua melhor campanha em um único turno. Jorginho chegou ao comando do time substituindo Caio Júnior exatamente na 20ª rodada e o tricolor terminou a Série A com a quinta melhor campanha do returno. Foram 30 pontos somados em 19 partidas, em que teve oito triunfos, seis empates e cinco derrotas. Aproveitamento de 52,6%.

A campanha do segundo turno do ano passado chegou perto. Foram 27 pontos conquistados, sendo que 19 a partir da chegada de Paulo Cézar Carpegiani, que estreou na 26ª rodada.

É possível, no entanto, que Enderson Moreira não consiga ter todos os titulares à disposição para enfrentar o Cruzeiro. Além de Tiago, suspenso, o técnico cogita a possibilidade de poupar alguns atletas mais desgastados.

“A gente primeiro vai ter que ver quais atletas vão ter condições de participar. No intervalo, Gilberto reclamou de pancada, Zé Rafael com muita limitação, Edigar também. A gente tem que ver agora os atletas com condição. A gente está tentando durante esse tempo todo dar prioridade a todas as competições, sempre tentando colocar o melhor time possível. Vamos avaliar”, disse após a derrota de 1×0 para o Palmeiras, pela Copa do Brasil. (As informações do Correio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *