Apesar de reforços, Vitória deve repetir time diante do Paraná

O torcedor que se empolgou com os reforços do Vitória nesta pausa para a Copa e queria vê-los em campo logo no retorno do Brasileirão, terá que esperar um pouco, ainda. Segundo Vagner Mancini, o time que enfrentará o Paraná na quarta-feira (18), às 21h, no Barradão, será muito parecido com o que encarou o São Paulo e perdeu por 3×0 antes do Mundial começar.

Segundo Mancini, os problemas são o entrosamento e ter todos os atletas regularizados a tempo: “Acho que diante do jogo com o Paraná a gente talvez tenha a equipe que vinha jogando junta há mais tempo, com uma ou outra entrada de jogadores. Muitos atletas chegaram, a gente vai ter alguma alterações na equipe, mas não para esse jogo, porque não sei com quais eu vou contar”.
PUBLICIDADE

São oito contratações: o zagueiro Ruan Renato, o lateral esquerdo Marcelo Benítez, os volantes Arouca e Marcelo Meli e os atacantes Erick e Bruno Gomes. O goleiro João Gabriel e o atacante Walter Bou também estão próximos do Leão, mas ainda não assinaram contrato com o clube.

Exceto Arouca e João Gabriel, todos os jogadores estão vindo de fora do país, e por isso só poderão ser inscritos a partir de segunda-feira (16), quando abre a janela oficialmente. Seria um tempo muito curto, portanto, para que todos sejam inscritos antes da partida. O lateral esquerdo Bryan, que retorna de lesão, estará à disposição de Mancini. (As informações do Correio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *