Prisão da Lava Jato em Curitiba registra mais um assassinato

Um homem morreu assassinado no Complexo Médico-Penal de Pinhais (CMP), na região metropolitana de Curitiba, no Paraná. João Carlos Cassiano Coelho, de 26 anos, é mais um preso morto na prisão da Lava Jato paranaense. Segundo a Coluna de Mônica Bergamo, na Folha, no CMP estão presos o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, o ex-presidente do Banco do Brasil Ademir Bendine e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Na última quinta-feira (14), João Carlos Cassiano Coelho foi morto por espancamento. Ainda segundo a Coluna, o Departamento Penitenciário do Paraná afirma que o caso ocorreu em uma galeria sem contato com a sexta galeria, onde estão os presos Lava Jato.

Em março passado, outros dois presos também foram mortos no presídio. À época, os detentos da Lava Jato chegaram a ficar apreensivos. O autor da morte de Coleho ficará em uma cela isolada até um inquérito ser encerrado. (As informações do Estadão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *