Fechamento de fronteira entre Brasil e Venezuela é ‘incogitável’, declara Temer

O presidente Michel Temer afirmou nesta sexta-feira (13) que não há possibilidade de fechar a fronteira entre Brasil e Venezuela, como solicitado pela governadora de Roraima, Suely Campos, ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Não é hábito do Brasil [fechar fronteiras]. O Brasil não fecharia fronteiras e nem espero que o Supremo venha a decidir dessa maneira. O contrario. Quando fomos lá [a Roraima], nós dissemos: ‘haverá fiscalização […]’. Então fechar fronteira é incogitável”, afirmou em entrevista durante a participação na 8ª Cúpula das Américas, no Peru, segundo informações do G1.

A Venezuela passa atualmente por uma severa crise política, econômica e social. Por conta disso, muitos venezuelanos têm deixado o país e procurado melhores condições de vida no Brasil. Na ação, o governo de Roraima alega que é o estado mais pobre do país e que não tem condições de oferecer serviços obrigatórios, como saúde e educação, devido ao “aumento descontrolado do fluxo migratório”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *