Dinheiro para pagar dívida trabalhista de Cristiane Brasil sai da conta de funcionária

O dinheiro usado para pagar a dívida trabalhista da ministra do Trabalho, Cristiane Brasil, sai da conta bancária de uma funcionária do seu gabinete na Câmara. De acordo com informações do jornal O Globo, o valor pago para o motorista Leonardo Eugênio de Almeida Moreira é transferido mensalmente da conta de Vera Lúcia Gorgulho Chaves de Azevedo. Cristiane fez um acordo para pagar R$ 14 mil divididos em dez vezes ao motorista. As parcelas começaram a ser repassadas em maio do último ano. “Cabe à ministra esclarecer os motivos pelos quais uma assessora parlamentar efetua o pagamento, cuja devedora é a própria ministra”, disse o advogado de Leonardo, em entrevista ao jornal O Globo. Cristiane foi processada na Justiça trabalhista por dois ex-motoristas – incluindo Leonardo – que alegaram não ter tido a carteira assinada enquanto eram empregados dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *