MGF promete entrar com recurso e se defende: ‘apenas factoides’

O ex-presidente do Bahia Marcelo Guimarães Filho se posicionou nesta quarta-feira (1º), um dia depois do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) ter acolhido denúncia contra ele e mais três diretores da sua gestão no clube por formação de quadrilha e falsidade ideológica.

Em nota enviada à imprensa através de sua advogada, MGF destaca que “essa última decisão merece ser revisada através de recurso que será interposto, bem como não existe nenhuma condenação judicial, nenhuma sentença proferida por nenhum magistrado sobre os crimes que tentam a todo custo imprimir a mim e meus diretores, apenas falsos factoides na esperança de desvirtuar os temas realmente importantes e necessários para o crescimento do Esporte Clube Bahia”.

Além disso, Marcelo Filho salienta que essa decisão e a expulsão dele do quadro de sócios do tricolor acontecem às vésperas da eleição marcada para o dia 9 de dezembro, “num claro objetivo de desviar a atenção pro pífio desempenho do time em campo fruto da gestão atabalhoada e atrapalhada dos grupos que atualmente dirigem o Bahia. (As informações do Correio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *